quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Magno Malta usou o microfone do plenário para repudiar e demostrar sua total indignação com a exposição de arte no Santander Cultural


Senador Magno Malta, presidente da CPI dos Maus-Tratos contra Crianças e Adolescentes, usou o microfone do plenário para repudiar e demostrar sua total indignação com a exposição de arte denominada Queer Museu, patrocinada pelo Banco Santander (Santander Cultural) que gerou polêmica nas redes sociais. A verba para financiamento da exposição foi captada via Lei Rouanet e, por via indireta, advém dos cofres públicos por abatimento tributário. O mais grave são os desenhos mudando o gênero de crianças, sexo explícito de humanos com animais e total afronta a esta nação cristã. No Senado Federal, Magno mostrou fotos das aberrações e clamou o povo para um boicote ao banco Santander. Magno anunciou que vai convocar o curador da exposição e os responsáveis pelo Santander para esclarecer o objetivo desta exposição na CPI dos Maus-Tratos Contra Crianças e Adolescentes. Veja na íntegra o inflamado pronunciamento do senador Magno Malta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário